Rádio Central Angico - Ba

quinta-feira, 6 de abril de 2017

240 deputados são contra a reforma da Previdência




BRASÍLIA - Levantamento feito pelo Grupo Estado na Câmara dos Deputados mostra que o governo Michel Temer enfrenta um difícil desafio para aprovar a reforma da Previdência. Se a votação fosse hoje, nem uma proposta com regras mais brandas para a aposentadoria e pensões seria aprovada.

A principal aposta do governo para colocar a economia brasileira nos trilhos de uma maneira sustentável seria rejeitada por 240 deputados, mesmo com a opção de suavizar o texto. São 35 votos a mais do que o número máximo de contras permitido para que o texto seja aprovado - são necessários 308 votos a favor, o equivalente a três quintos dos 513 deputados.

Até o momento, o Estado ouviu 425 deputados, 83% da Câmara. Apenas 20 disseram que são favoráveis ao texto da forma como foi enviado pelo governo. Ao todo, 96 parlamentares afirmaram estarem dispostos a aprovar a reforma da Previdência, desde que pontos-chave sejam alterados. O Placar da Previdência será atualizado online no portal Estadão.

"Coração" da proposta, a fixação da idade mínima de 65 anos para se aposentar no Brasil é rejeitada pelos deputados. Hoje, quem não consegue se aposentar por tempo de contribuição acaba se aposentando por idade, que exige idade mínima de 60 anos para mulheres e 65 para homens, além de contribuição ao INSS por 15 anos. Se a mudança proposta pelo governo for aprovada, será obrigatório alcançar 25 anos de contribuição, mesmo que isso signifique trabalhar além dos 65 anos de idade.

Dos 96 que se mostraram favoráveis à reforma, ainda que com ressalvas, 69 deputados disseram ser favoráveis a uma idade menor para as mulheres e 54 defenderam uma exigência menor para os homens.
Os deputados querem afrouxar também a exigência de 49 anos de contribuição para ter direito ao benefício integral acima do salário mínimo (76 deputados querem suavizar essa regra). Com 25 anos de contribuição e 65 anos de idade, o trabalhador terá direito a apenas 76% do benefício se o projeto do governo passar.

Para aprovar a reforma, 73 deputados querem uma regra de transição para homens com menos de 50 anos e mulheres com menos de 45 anos, que só se aposentarão com 65 anos, caso o texto do governo for aprovado. A proposta cria uma regra de transição apenas para homens com 50 anos ou mais e mulheres com 45 ou mais. Para se aposentar, o governo propõe que essas pessoas paguem pedágio de 50% do tempo de contribuição restante.

O Estado priorizou esses pontos porque são considerados os mais importantes pela equipe econômica para não desconfigurar o texto enviado. Muitos deputados, porém, fazem questão de ressaltar que também querem outras mudanças. Eles querem abrandar as exigências para a concessão da aposentadoria rural e do benefício assistencial pago a idosos e deficientes da baixa renda. Também não concordam com a proibição de se acumular aposentadoria e pensão, desde que respeitado o teto do INSS. O governo já sinalizou que está aberto a negociar esses pontos. A bancada do PSDB na Câmara, por exemplo, fechou questão e afirma que só aprovará a reforma se esses itens forem modificados juntamente com a regra de transição.

O Estado não conseguiu contato com 88 deputados. Outros 52 não quiserem responder e 32 se declararam indecisos. Quatro disseram que vão se abster. 

CCJ do Senado aprova projeto que cria documento único de identificação


© Ministério da Justiça/Divulgação Documento será impresso pela Casa da Moeda

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira, 5, um projeto de lei que propõe reunir dados biométricos e civis, como Registro Geral, Carteira Nacional de Habilitação e o título de eleitor em um único documento, a Identificação Nacional. A proposta ainda deve passar por votação no plenário da Casa. As informações são da Agência Brasil. 

O documento será impresso pela Casa da Moeda e usará como base de identificação o Cadastro de Pessoa Física (CPF).Pelo novo projeto, a Identificação Nacional vai dispensar a apresentação dos documentos que lhe deram origem ou nele mencionados e será emitido pela Justiça Eleitoral, ou por delegação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a outros órgãos. 

De acordo com o texto do projeto, a Identificação Nacional será emitida a partir da Identificação Civil Nacional, a ser criada para juntar as informações de identificação dos cidadãos brasileiros. Segundo a proposta, a nova base dados vai gerida pelo TSE.

Segundo a Agência Senado, o relator na CCJ, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), disse que há anos vem se discutindo um novo modelo de identificação civil que unificaria todos esses documentos. Para ele, se a proposta virar lei, vai facilitar a vida do cidadão.

“A matéria desburocratiza a vida do cidadão, permitindo que um só documento sirva às mais diversas situações do dia a dia, nas quais se exige a comprovação de dados pessoais perante órgãos e entidades públicos e privados”, disse.

domingo, 26 de março de 2017

Colisão envolvendo dois veículos, em Mairi


No início da noite deste domingo, 26 de março de 2017, aconteceu uma colisão envolvendo dois veículos na Avenida Contorno, em Mairi. 

O acidente aconteceu nas proximidades da encruzilhada que liga a Rua 7 de Setembro com a Rua do Recreio, saindo para o distrito de Angico.

Um veículo Fox I-Motion, conduzido por Fábio, filho de Coelho do Jogo do Bicho colidiu no fundo de um Renault Symbol, conduzido por Adriano Fernandes, funcionário do Banco do Brasil de Mairi.

Com o impacto, o Fox capotou. Fábio foi socorrido e encaminhado para o hospital. De acordo com as primeiras informações, ele está bem. Já Adriano Fernandes, condutor do outro veículo, nada sofreu. 

Adriano disse que diminuiu a velocidade por causa de alguns animais e um caminhão que estavam na frente. Em seguida, o Fox que vinha atrás, colidiu no fundo do carro dele.

Da redação do Blog Agmar Rios.





sábado, 25 de março de 2017

Veículo é furtado em Mairi



Neste sábado, 25 de março de 2017, um Fiat Uno de 4 portas, ano 2000, de cor vermelha, placa JOJ-3043, licença de Mairi-BA, foi furtado em Mairi.

O proprietário, professor Dilton do distrito do Angico, disse que deixou o veículo estacionado na Rua Rui Barbosa, próximo a Praça J. J. Seabra, por volta das 07 horas da manhã.

Depois, Dilton foi para Santo Estevão com os colegas em outro transporte, para participar da greve geral contra a reforma da Previdência, quando voltou para Mairi no final da tarde, o veículo não estava no local.

Quem souber informações sobre o paradeiro do veículo poderá entrar em contato com a Polícia Militar através do contato: (74) 999504051. 

Da redação do Blog Agmar Rios.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Câmara aprova terceirização de serviços; veja os votos dos deputados baianos

Deputados da oposição com patos infláveis em protesto contra projeto de terceirização, no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília
Deputados da oposição com patos infláveis em protesto contra projeto de terceirização, no plenário da Câmara dos Deputados, em Brasília
A Câmara dos Deputados aprovou ontem(22) por 231 votos a favor, 188 contra e 8 abstenções o texto-base do projeto de lei que autoriza o trabalho terceirizado de forma irrestrita para qualquer tipo de atividade. Os principais pontos do projeto são os seguintes:
  • A terceirização poderá ser aplicada a qualquer atividade da empresa. Por exemplo: uma escola poderá terceirizar faxineiros (atividade-meio) e professores (atividade-fim).
  • A empresa terceirizada será responsável por contratar, remunerar e dirigir os trabalhadores.
  • A empresa contratante deverá garantir segurança, higiene e salubridade dos trabalhadores terceirizados.
  • O tempo de duração do trabalho temporário passa de até três meses para até 180 dias, consecutivos ou não.
  • Após o término do contrato, o trabalhador temporário só poderá prestar novamente o mesmo tipo de serviço à empresa após esperar três meses.
A oposição apresentou seis proposições para modificar alguns pontos do texto, todos rejeitados. Com isso, o projeto segue para sanção do presidente Michel Temer.
Dentre os 188 votos contrários à proposta, muitos foram de deputados governistas. Em sete dos principais partidos da base aliada, por exemplo, houve 56 votos contrários. Na bancada do PSDB, 11 votaram contra. No PMDB, partido do presidente Michel Temer, foram 10, além de 7 do DEM, 7 do PP, 10 do PR, 5 do PPS e 6 do PSD, todas legendas da base aliada do governo
REGRAS
O objetivo principal do Congresso é permitir às empresas terceirizar qualquer ramo de sua atividade, incluindo a principal, a chamada atividade-fim.
O empresariado e parte da base governista diz que isso irá estimular a criação de empregos e tirar travas à competitividade das empresas.
Os críticos dizem que o objetivo é reduzir o gasto com pessoal, com prejuízo claro aos trabalhadores.
O texto também permite a terceirização no setor público, em funções que não sejam essenciais ao Estado. O que está no Senado veda essa possibilidade.
Além disso, o projeto estabelece que as empresas terão responsabilidade “subsidiária” em relação a débitos trabalhistas e previdenciários da terceirizadora, não “solidária”. Ou seja, caberá ao trabalhador lesado buscar reparo primeiro na terceirizadora e só acionar a “empresa-mãe” caso não consiga sucesso na primeira demanda.
EMBATE
A sessão foi marcada por forte embate entre oposição o governo.
“Apontem um artigo que tira direito do trabalhador”, repetiu em várias partes da sessão o relator, Laércio Oliveira (SD-SE). Segundo ele, as salvaguardas aos trabalhadores já estão asseguradas em diversas outras normas.
Ele foi apoiado por outros governistas.
“O que estamos fazendo aqui é regulamentar, é dar mais uma opção para que o trabalhador trabalhe com dignidade”, disse Mauro Pereira (PMDB-RS). “O Brasil não pode mais se render a esse anacronismo ideológico”, afirmou Marcus Pestana (PSDB-MG).
A oposição chegou a afirmar que Temer está pagando uma “fatura” pelo apoio da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) ao impeachment de Dilma Rousseff. “Esse projeto é para pagar a conta do golpe, a conta da Fiesp”, disse Paulo Pimenta (PT-RS).
“Ou acaba esse golpe ou esse golpe vai acabar com o Brasil. Vão acabar o direito dos trabalhadores. O sonho deles é fazer como nos Estados Unidos, sempre foi. É pegar um trabalhador que passa fome, pagar uma hora de serviço e depois dispensar. É rasgar o direito dos trabalhadores, é rasgar a CLT [Consolidação das Leis do Trabalho]”, discursou Jorge Solla (PT-BA). “Esse é um governo lacaio do grande capital”, reforçou Chico Alencar (PSOL-RJ).
Veja como votaram os deputados federais da Bahia:
Afonso Florence – PT Não
Alice Portugal – PCdoB Não
Arthur Oliveira Maia – PPS Sim
Bacelar – PTN Não
Benito Gama – PTB Sim
Cacá Leão – PP Sim
Caetano – PT Não
Claudio Cajado – DEM Sim
Daniel Almeida – PCdoB Não
Davidson Magalhães – PCdoB Não
Elmar Nascimento – DEM Sim
Félix Mendonça Júnior – PDT Não
Irmão Lazaro – PSC Não
João Carlos Bacelar – PR Sim
João Gualberto – PSDB Sim
José Carlos Aleluia – DEM Sim
José Carlos Araújo – PR Sim
José Nunes – PSD Sim
José Rocha – PR Sim
Jutahy Junior – PSDB Sim
Márcio Marinho – PRB Sim
Mário Negromonte Jr. – PP Sim
Nelson Pellegrino – PT Não
Paulo Azi – DEM Sim
Paulo Magalhães – PSD Sim
Pr. Luciano Braga – PRB Abstenção
Roberto Britto – PP Sim
Robinson Almeida – PT Não
Ronaldo Carletto – PP Sim
Sérgio Brito – PSD Sim
Uldurico Junior – PV Não
Valmir Assunção – PT Não
Waldenor Pereira – PT Não

Juíza da Vara de Registros Públicos Drª. Gabriela Santana Nunes oficializa a privatização do Tabelionato de Notas na cidade de Mairi.

Na manhã desta quarta feira a excelentíssima Juíza da Vara de Registros Públicos Drª. Gabriela Santana Nunes oficializou a privatização do Tabelionato de Notas na cidade de Mairi. O novo tabelião é o Dr. Tiago Oliveira, natural de Salvador. Os servicos oferecidos serão Autenticação de documentos, abertura e reconhecimento de firma, protestos de títulos, procuração, escrituras dentre outros. O atendimento no novo endereço será à partir do dia 05 de abril. O Tabelionato está localizado na praça J.J. Seabra, s/n, ao lado da Farmácia São Paulo.

Da redação do Blog Mairi News

Texto - Ele acertou na mosca

Salvador Carneiro Neto e Antônio Carlos Dias dos Santos

Ele acertou na mosca

Quando ocorre a mudança
Que causa a desolação na vida
Paira no ar um desespero
A mercê das entradas e saídas
O dinheiro confere-lhe poder
Derruba o poder aquisitivo de outro ser
Causando-nos profundas feridas

Um meliante do passado
Ao me prometer ser diretor
Fê-lo cair em sua lábia
Porém, jamais me atribuiu valor
Encontrou-me fragilizado
Jogando-me pra todo o lado
Cravando no meu peito, a dor

Parabenizo ao prefeito pela escolha
Do chefe da educação
Que nos dias atuais
Tem a melhor formação
Hoje, a educação precisa de cura
Para que a geração futura
Transforme essa nação

Precisa-se que o governante de agora
Tenha muita sabedoria
E com olhar prospectivo
Enxergue a psicopedagogia
São tamanhas as dificuldades
Essa é a mais pura verdade
Vivenciada nesses dias

Esse profissional sempre procura
Ser um grande investigador
E ao descobrir os problemas
Faz a intervenção com amor
Trata-o e planta a semente
De alunos feliz e competente
E devolve-os ao professor

Se duvidas dos meus versos
Podes, enfim, pesquisar 
O quantos as intervenções
Fez a educação melhorar
Não ponha travas, evite a cegueira
Descarte essa asneira
Vamos, unidos trabalhar

O ouro, aqui produzido
Ninguém deve destruir
Foi ornamentado na educação
Da nossa querida Mairi
Estimulem aos discentes
Deixem os professores contentes
E todos irão sorrir.

Texto produzido em 20/03/2017
Autores: Antônio Carlos Dias dos Santos e Salvador Carneiro Neto
CEP: 44630-000  -  Mairi-BA
Contato: 74 99994 4332

Secretaria de Cultura de Mairi convida artistas para cadastramento

Foto: Kaytano Notícias 

Com o objetivo de identificar e catalogar todos os artistas e manifestações culturais do município de Mairi, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, convida os profissionais e responsáveis por grupos e associações culturais para fazer o cadastramento junto a Secretaria.  

Pode se cadastrar músicos, sambadores, instrumentistas, barristas, trançadores de palha, entalhadores, artistas plásticos, cordelistas, poetas e artesão em geral, bem como grupos e associações culturais.

A inscrição começa na próxima terça-feira, 28 de março, e vai até o dia 28 de abril, na sede da própria Secretaria (antigo Centro Cultural), das 08h30 às 11h30. Para fazer o cadastro é preciso levar duas fotos: uma com a demonstração do trabalho e outra do responsável, que deve ser no formato 3x4.

Comunicação Prefeitura de Mairi

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Carteira Nacional de Habilitação com novo visual entra em vigor

Carteira Nacional de Habilitação terá novo visual e itens de segurança a partir de janeiro de 2017
(Foto: Divulgação/Detran-SP)

As CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) emitidas a partir desta segunda-feira (2) terão novas cores e dispositivos de segurança. As mudanças são válidas para todo o país e foram determinadas em uma resolução divulgada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em maio de 2016.

Segundo governo, mudança é para dificultar falsificações. Motoristas que possuem CNH válida não precisam fazer a troca.

Quem tem carteira dentro da validade não precisará trocá-la pela nova antecipadamente. O valor e os procedimentos para obter ou renovar a habilitação permanecem os mesmos.

Uma das principais alterações para as novas CNHs é a troca da tinta azul esverdeada da tarja que fica no topo do documento atual, acima da foto de identificação do cidadão, para a cor preta.

A impressão continua em alto relevo e a tarja passa a ter o mapa do estado responsável pela emissão da habilitação, do lado direito.

A nova CNH também tem dois números de identificação nacional – Registro Nacional e Número do Espelho da CNH – e um número de identificação estadual, que é o número do formulário Renach (Registro Nacional de Condutores Habilitados).

QR-Code
Já a partir de maio, o documento também passa a ter um QR-Code. O código bidimensional vai conectar diretamente a CNH ao Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach), sem a necessidade de digitar informações.

O Denatran disponibilizará o sistema eletrônico para leitura do QR-Code, que fornecerá os dados do motorista, incluindo a fotografia. O código será um quadrado de 5 centímetros impresso no verso inferior da CNH.

Tinta especial
No alto do lado esquerdo, sob o brasão da República, a imagem do mapa do Brasil passa a ser impressa com tinta especial de segurança, que também dificulta a falsificação.

Todo o fundo do documento ficou mais amarelado e alguns elementos gráficos, como números, poderão ser conferidos com o uso de luz ultravioleta.

O documento ganhará brasões da República impressos que só serão vistos com o uso de luz negra.

Na parte de baixo, haverá uma holografia com a sigla CNH impressa repetidas vezes. Além disso, aparecem novos fios de microletras que também servem para dificultar falsificações.

Os itens de controle de segurança incluem mais elementos em relevo e em microimpressão.

O documento ganhará um código numérico de validação composto pelos dados individuais de cada CNH. Esse código vai permitir aos agentes de trânsito validar a habilitação por meio de um aplicativo que deve ser disponibilizado pelo Denatran.

Do G1, em São Paulo

Nota Pública da Prefeitura de Mairi


A Prefeitura de Mairi, através de Decreto Municipal, por meio do prefeito José Bonifácio Pereira da Silva, comunica a população mairiense que os órgãos da Administração Pública do Município estão com as atividades de atendimento ao público semiparalisadas entre esta segunda-feira (2) até a próxima sexta-feira (6).

Informa ainda que os setores desses órgãos estão funcionando internamente, para organização das atividades administrativas. Os serviços essenciais estão mantidos normalmente.

A medida se dá por conta do menor fluxo de atendimento administrativo em razão do período do início da legislatura, assim como pelo fato de os servidores de todas as Secretarias Municipais estarem organizando seus respectivos setores para o início das atividades.

Comunicação Prefeitura de Mairi

No primeiro discurso como prefeito, Jobope promete trabalhar para todos


O novo prefeito de Mairi, Jobope (PT), prometeu no seu primeiro discurso como gestor da cidade, trabalhar para todos, independente de partido político e pediu o apoio de todos os mairienses. Clique aqui e leia matéria da posse.

O prefeito, que tomou posse na tarde deste domingo (1º), assegurou deixar de lado as siglas partidárias e trabalhar pelo bem comum. “Serei prefeito não apenas dos que votaram em mim e em Gustavo, serei prefeito de cada morador do nosso município.”, disse.

Jobope pediu também a unidade. “Precisamos da união, da comunhão, tanto dos vereadores, quanto do povo de Mairi. Unidos trabalharemos mais por Mairi. Com união Mairi vence. Tenham certeza que a câmara terá a parceria e confiança, tanto da minha parte, quanto da parte de Gustavo”, asseverou.

Jobope foi eleito no último 2 de outubro, com mais de seis mil e duzentos votos e disse que vai honrar cada um deles. “Iremos trabalhar duro para honrar a expectativa e confiança de cada um dos votos. Vamos fazer uma das melhores gestões que Mairi já teve. Vamos melhorar Mairi, vamos mudar nossa cidade para melhor. Mairi vai sorrir a cada dia. Feliz 2017, meu povo!”, finalizou o prefeito, muito aplaudido.

Fonte: Comunicação Prefeitura de Mairi

Promessa é divida - Jobope coloca caminhão compactador de lixo no seu primeiro dia como prefeito


O prefeito Jobope, juntamente com seu vice Gustavo, começaram seu mandato cumprindo uma promessa de campanha, é o caminhão compactador de lixo que já se encontra em funcionamento nas ruas da cidade de Mairi.


A população deve colaborar colocando o lixo para fora nos horários e dias corretos e sempre em sacolas plásticas. O que não pode acontecer é colocar terra junto com o lixo, pois ela pode danificar a prensa compactadora e diminuir sua durabilidade, conclui o Secretário.




Do Mairi News

Jobope abre as portas da prefeitura municipal



  Do Mairi News